06 dezembro 2007

Autoconhecimento!


A meditação do coração é compreensão, e não há compreensão sem autoconhecimento. Se você não compreende a si mesmo, seus motivos ocultos, intenções, instintos, em que deverá basear seus pensamentos/emoções? Se não entende a si mesmo, como você pode sequer saber se esses pensamentos/emoções são verdadeiros ou falsos? Se inexiste autoconhecimento que outro conhecimento vital você pode possuir? Você é o foco da vida, a totalidade da existência, em você habitam o princípio e o fim e para compreender a complexidade da vida por onde começar senão por si mesmo? A compreensão de si mesmo é a própria recompensa e a sabedoria é conquistada na descoberta do que é verdadeiro no curso do processo de busca do eu. A permanente autoconsciência de todo pensamento/sentimento flui na direção do profundo e tranqüilo reservatório da meditação; mas este fluir cessa quando pensamentos/sentimentos condenam ou aceitam, justificam ou negam, quando há identificação. A identificação alimenta a negligência e a mágoa.

Krishnamurti
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...