26 fevereiro 2010

Mudanças no blog!


Olá pessoal!

Fiz alguma alterações no blog, como vocês puderam perceber.
Espero que tenham gostado das novidades.

Coloquei uma página chamada contato que vocês poderão mandar
e-mails para mim direto do blog, sem precisar entrar nas caixas postais dispendendo muito tempo para isso.

Estou aberta a críticas e sugestões sobre as alterções feitas.

Agradeço a atenção de todos!

*´¨)
¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•`KARINA PAITACH



Bookmark and Share

23 fevereiro 2010

Superando a velocidade da luz

Redação do Site Inovação Tecnológica - 23/02/2010

Um fóton individual viaja através de camadas alternadas de materiais com diferentes índices de refração mais lentamente (acima) ou mais rapidamente (embaixo) dependendo da ordem das camadas.

Os fótons são as partículas/onda fundamentais da luz. Assim, seria de se imaginar que a velocidade da luz nada mais seja do que a velocidade dos próprios fótons que a formam.

Mas não conte muito com o óbvio quando entrar pelo reino da física quântica e, sobretudo, esteja preparado para uma esquisitice após a outra - para acelerar os fótons a

Picasa Content
Picasa Content

uma velocidade aparentemente superior à da luz, os pesquisadores colocaram uma camada de matéria à sua frente.

Acelerando a luz

A física quântica teórica prevê que o tempo que a luz leva para viajar através de materiais formados por múltiplas camadas diferentes não depende da espessura do material, como acontece com o vidro, por exemplo, mas da ordem na qual as camadas se sobrepõem para formar o material.

Agora, pesquisadores do Joint Quantum Institute, um grupo virtual de pesquisas dos Estados Unidos, fizeram um experimento que comprova esta teoria.

Eles aceleraram os fótons que atravessavam seu material-sanduíche a velocidades aparentemente superiores às da luz simplesmente adicionando uma camada de matéria estrategicamente colocada para permitir que o fenômeno ocorra.

Ou reflete ou passa

A luz atinge sua velocidade máxima no vácuo, ou no espaço vazio - seu velocímetro atinge exatos 299.792.458 metros por segundo, normalmente arredondados para 300.000 km/s.

Mas essa velocidade diminui sensivelmente quando a luz viaja através de uma substância material, como o vidro ou a água. O mesmo é verdade para a luz que atravessa uma pilha de materiais dielétricos, materiais eletricamente isolantes e que são usados para criar estruturas altamente reflexivas, como os revestimentos de uma fibra óptica ou os espelhos de um laser.

Os pesquisadores criaram pilhas de 30 camadas isolantes, cada uma com 80 nanômetros de espessura, o equivalente a cerca de um quarto do comprimento de onda da luz que as atravessaria.

As camadas alternam materiais com índices de refração altos e baixos, o que força as ondas de luz a se dobrarem ou se refletirem em intensidades variáveis. Quando um único fóton atinge o limite entre as camadas de alto e baixo índices de refração, ele tem uma chance de ser refletido ou de passar.

Velocidade superluminal

Depois de se deparar com todas as interfaces do material-sanduíche, os raros fótons que conseguiram penetrar inteiramente o material gastaram 12,84 femtossegundos (fs) para atravessá-lo - 1 femtossegundo equivale a um quadrilionésimo de segundo.

Os cientistas então adicionaram mais uma camada de baixo índice de refração embaixo da sua pilha. O resultado foi um aumento desproporcional do tempo que a luz viaja pelo material, que passou para 16,36 fs - 3,52 fs por conta da adição de uma única camada, quando seria de se esperar um acréscimo de 0,58 fs.

Da mesma forma, a adição de uma camada de alto índice de refração ao mesmo material inicial com 30 camadas permite um ganho de 5,34 fs, de forma que os fótons individuais parecem emergir do outro lado do sanduíche de 2,6 micrômetros de espessura em velocidade superluminal, ou seja, numa velocidade superior à velocidade da luz.

Nas interfaces entre as camadas, os fótons criam ondas que interferem entre si, afetando o tempo que eles levam para atravessar o material. [Imagem: JQI]

Propriedades da luz

Segundo os pesquisadores, seu experimento, e seus resultados estranhos, podem ser explicados pelas propriedades de onda da luz.

No experimento, a luz começa e termina a sua existência agindo como uma partícula, um fóton. Mas quando um desses fótons atinge uma interface entre as camadas do material, ele cria ondas em cada uma das superfícies, e essas ondas de luz interferem umas com as outras da mesma forma que as ondas do mar fazem para criar uma correnteza na praia.

Com as camadas de diferentes índices de refração dispostas adequadamente, as ondas de luz se combinam para dar origem ao fóton que surge do outro lado antes do que seria esperado.

Ilusão quântica

Na verdade, o que parece ser uma transmissão da informação quântica a uma velocidade mais rápida do que a velocidade da luz é uma espécie de "ilusão" porque apenas uma pequena parcela dos fótons consegue de fato atravessar o material.

Se todos os fótons da fonte de luz original pudessem ser detectados do outro lado, o resultado assumiria a forma de uma distribuição normal de tempos.

Ou seja, a má notícia é que apenas fótons viajam mais rapidamente do que a luz que eles formam. A própria luz nunca conseguirá fazer isto. Compreendeu?

Outros cientistas, porém, não compreendem dessa forma e acham que é sim possível fazer a luz viajar mais rapidamente do que ela mesma - veja Cientistas afirmam ter superado a velocidade da luz. De igual interesse tecnológico são os estudos que tentam diminuir a velocidade da luz.

Bibliografia:
Single-photon propagation through dielectric bandgaps
N. Borjemscaia, S.V. Polyakov, P.D. Lett, A. Migdall
Optics Express
Feb. 01, 2010
Vol.: 18, Issue 3, pp. 2279-2286
DOI: 10.1364/OE.18.002279

21 fevereiro 2010

Khalil Gibran

1883 - Nasceu em 6 de janeiro, em Bsharri, nas montanhas do Líbano, a uma pequena distância dos cedros milenares. Tinha oito anos quando, um dia, um temporal se abate sobre sua cidade. Gibran olha, fascinado, para a natureza em fúria e, estando sua mãe ocupada, abre a porta e sai a correr com os ventos.

Quando a mãe, apavorada, o alcança e repreende, ele lhe responde com todo o ardor de suas paixões nascentes: "Mas, mamãe, eu gosto das tempestades. Gosto delas. Gosto!" (Um de seus livros em árabe será intitulado Temporais).

1931 - Gibran morre em 10 de abril, no Hospital São Vicente, em Nova York, no decorrer de uma crise pulmonar que o deixara inconsciente.


Para que realmente saibam quem foi Khalil Gibran, apreciem sua obra!


Amai-vos...



Amai-vos um ao outro,
mas não façais do amor um grilhão.


Que haja, antes, um mar ondulante
entre as praias de vossa alma.


Enchei a taça um do outro,
mas não bebais da mesma taça.


Dai do vosso pão um ao outro,
mas não comais do mesmo pedaço.


Cantai e dançai juntos,
e sede alegres,


mas deixai
cada um de vós estar sozinho.


Assim como as cordas da lira
são separadas e,
no entanto,
vibram na mesma harmonia.


Dai vosso coração,
mas não o confieis à guarda um do outro.


Pois somente a mão da Vida
pode conter vosso coração.


E vivei juntos,
mas não vos aconchegueis demasiadamente.


Pois as colunas do templo
erguem-se separadamente.


E o carvalho e o cipreste
não crescem à sombra um do outro.


Khalil Gibran


Bookmark and Share

Imagens do Universo

A imagem inclui o aglomerado estelar Plêiades, na constelação de Touro, bem na parte direita superior da Lua.



Imagem divulgada pela Nasa - galáxia Andrômeda, foto mais recente da galáxia!




Aurora polar de Saturno! Pesquisa recente! 

"Essa aurora única de Saturno nos diz que há algo especial e imprevisto sobre a magnetosfera (área do espaço, em volta do planeta, afetada por seu campo magnético) e o modo como ela interage com o vento solar e atmosfera do planeta", afirma Nick Achilleos, da University College London.
Hubble volta a funcionar e divulga imagem nova do espaço!


Bookmark and Share

12 fevereiro 2010

Origami Modular - Maravilhoso!

Origami é uma arte milenar japonesa. É, de forma simples, a arte de dobrar papel. O termo Origami deriva de duas palavras japonesas: "oru" (dobrar) e "kami" (papel).

Tudo começa com uma folha de papel e, sem dar por isso, já estamos num domínio tridimensional, ordenando o espaço com formas geométricas, criando estruturas frágeis como cristais de gelo e que, como estes, terão um tempo de vida efémero.

Enquanto que no origami tradicional se utiliza uma folha de papel singular para, através de dobragens sucessivas, criar uma determinada forma, no origami modular utilizam-se várias folhas de papel, para construir diferentes módulos ou unidades modulares que, depois de encaixados, determinam a forma final do modelo.

DESDE QUE NÃO SE CORTE NEM SE COLE... A IMAGINAÇÃO É O ÚNICO LIMITE!

___________________________
Lara Lobão
Blog Bar Fábrica

Bookmark and Share

Pensamentos...

O espírito científico , fortemente armado com seu método, não existe sem a religiosidade cósmica.Ela se distingue da crença das multidões ingênuas que consideram Deus um Ser de quem esperam benignidade e do qual temem o castigo _ uma espécie de sentimento exaltado da mesma natureza que os laços do filho com o pai _, um ser com quem também estabelecem relações pessoais, por respeitosas que sejam. Mas o sábio, bem convencido, da lei de causalidade de qualquer acontecimento ,decifra o futuro e o passado submetidos às mesmas regras de necessidade e determinismo.A moral não lhe suscita problemas com os deuses , mas simplesmente com os homens.Sua religiosidade, consiste em espantar-se , em extasiar-se diante da harmonia das leis da natureza , revelando uma inteligência tão superior que todos os pensamentos humanos e todo seu engenho não podem desvendar , diante dela , a não ser seu nada irrisório.Este sentimento desenvolve a regra dominante de sua vida, de sua coragem , na medida em que supera a servidão dos desejos egoístas.Indubitavelmente, este sentimento se compara àquele que animou os espíritos criadores religiosos em todos os tempos.


Para que as riquezas?


Todas as riquezas do mundo , ainda mesmo nas mãos de um homem inteiramente devotado à idéia do progresso, jamais trarão o menor desenvolvimento moral para a Humanidade. Somente seres humanos excepcionais e irrepreensíveis suscitam idéias generosas e ações elevadas. Mas o dinheiro polui tudo e degrada sem piedade a pessoa humana. Não se pode comparar a generosidade de um Moisés, de um Jesus ou de um Gandhi com a generosidade de uma Fundação Carnegie qualquer.



A vida é como... ...jogar uma bola na parede. Se for jogada uma bola verde, ela voltará verde; Se for jogada uma bola azul, ela voltará azul; Se a bola for jogada fraca, ela voltará fraca, Se a bola for jogada com força, ela voltará com força: Por isso, nunca “jogue uma bola na vida,” de forma que não esteja pronto para recebê-la . A vida não dá nem empresta; Não se comove nem se apieda. Tudo quanto ela faz é Retribuir e transferir... ...aquilo que nós lhe oferecemos


- Albert Einstein -





Bookmark and Share

08 fevereiro 2010

2010 Ano do Tigre de Metal

:: Por Teresa Kam Teng ::

A astrologia Chinesa é baseada no calendário lunar e tem 12 signos animais, diferentemente da astrologia ocidental, baseada no calendário solar. Mas assim como a astrologia ocidental, que além do signo solar tem outros signos no ascendente, na lua, etc.. A astrologia chinesa também tem um signo animal principal e outros signos animais de acordo com o mês, dia e hora do nascimento. Ou seja, não somos um signo animal só, somos uma mistura de animais com suas características positivas e negativas.

O ciclo completo da Astrologia Chinesa leva sessenta anos, formado por 5 ciclos de 12 anos. Cada ano é regido por um signo animal, que exerce influência nas pessoas nascidas naquele ano. O ano lunar é dividido em doze meses de 29 dias e meio e o mês lunar inicia no dia da lua nova. Por isso o ano novo chinês começa sempre em um dia diferente a cada ano.
O próximo ano novo chinês terá início em 14 de fevereiro de 2010 e seu término será em 02 de fevereiro de 2011. Será um ano sob a influência do signo animal Tigre do elemento Metal

O Ano do Tigre de Metal tende a ser um ano dinâmico e expansivo, porém com resultados um tanto imprevisíveis. De um lado teremos a energia do metal que na visão oriental pode representar o ouro ou a espada. Como ouro simboliza a prosperidade e interação entre as pessoas. Como espada pode se tornar terrível e destrutivo. De outro lado teremos as características do signo animal Tigre: independente, autoconfiante, imprevisível, radical, apaixonado, excêntrico, que adora os desafios e persegue os seus ideais e interesses com muita determinação, atropelando o que estiver na frente. Sob essas energias, no ano do Tigre de Metal, as pessoas estarão mais imediatistas e arrojadas, em busca da própria realização. Tenderão a agir ao seu próprio modo, correndo riscos e desafiando as regras. A rebeldia estará no ar. Atenção aos nossos jovens e adolescentes. Será um ano de novas tendências com muitas inovações e um toque de excentricidade, aonde as respostas para os problemas virão através de idéias não convencionais. O momento será favorável para renovar e injetar novo ânimo aos negócios e empreendimentos. O ano de 2010 favorecerá as viagens; tudo o que estiver ligado à moda e à criatividade; aos esportes radicais e as atividades ligadas ao entretenimento. Também estarão em evidência os estudos, as pesquisas literárias e científicas, principalmente as relacionadas com a qualidade de vida. O progresso e o sucesso virão com o planejamento e a organização. O ano de 2010 pede reflexão quanto aos nossos próprios atos e acima de tudo muita compreensão, bom senso e diplomacia.

O segredo para a saúde neste ano será exercitar-se fisicamente e aprender a respirar de forma correta. Exercícios que aliam essas duas atividades e que levem à reflexão e ao auto-conhecimento estarão em evidência. Exemplo: Yoga, Tai Chi Chuan, Lian Gong, etc.. Precisaremos cuidar bem da alimentação e evitar o sedentarismo, o estresse, a ansiedade e a raiva.

_________________________________________________
Retirado do site: http://somostodosum.ig.com.br/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...