21 fevereiro 2010

Khalil Gibran

1883 - Nasceu em 6 de janeiro, em Bsharri, nas montanhas do Líbano, a uma pequena distância dos cedros milenares. Tinha oito anos quando, um dia, um temporal se abate sobre sua cidade. Gibran olha, fascinado, para a natureza em fúria e, estando sua mãe ocupada, abre a porta e sai a correr com os ventos.

Quando a mãe, apavorada, o alcança e repreende, ele lhe responde com todo o ardor de suas paixões nascentes: "Mas, mamãe, eu gosto das tempestades. Gosto delas. Gosto!" (Um de seus livros em árabe será intitulado Temporais).

1931 - Gibran morre em 10 de abril, no Hospital São Vicente, em Nova York, no decorrer de uma crise pulmonar que o deixara inconsciente.


Para que realmente saibam quem foi Khalil Gibran, apreciem sua obra!


Amai-vos...



Amai-vos um ao outro,
mas não façais do amor um grilhão.


Que haja, antes, um mar ondulante
entre as praias de vossa alma.


Enchei a taça um do outro,
mas não bebais da mesma taça.


Dai do vosso pão um ao outro,
mas não comais do mesmo pedaço.


Cantai e dançai juntos,
e sede alegres,


mas deixai
cada um de vós estar sozinho.


Assim como as cordas da lira
são separadas e,
no entanto,
vibram na mesma harmonia.


Dai vosso coração,
mas não o confieis à guarda um do outro.


Pois somente a mão da Vida
pode conter vosso coração.


E vivei juntos,
mas não vos aconchegueis demasiadamente.


Pois as colunas do templo
erguem-se separadamente.


E o carvalho e o cipreste
não crescem à sombra um do outro.


Khalil Gibran


Bookmark and Share
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...