09 fevereiro 2012

As 10 emoções de Poder (Antony Robbins)




FONTE: 
http://conscienciaeusou.blogspot.com/ 
1. AMOR E TERNURA.
A manifestação sistemática de amor parece ser capaz de derreter quase que qualquer emoção negativa com que entra em contato. Se alguém está zangado com você, você pode com a maior facilidade continuar a amar a pessoa, adotando uma convicção básica tão maravilhosa quanto esta que se encontra no livro A Course in Miracles: toda comunicação é uma reação de amor, ou um grito por socorro. Se alguém o procura num estado de mágoa ou raiva, e você reage sistematicamente com amor e ternura, o estado da pessoa acabará por mudar, sua intensidade vai se dissipar.

“Se você pode amar o bastante, poderia se tornar a pessoa mais poderosa do mundo.”
— EMMET FOX


2. APREÇO E GRATIDÃO.
Creio que todas as emoções mais poderosas são alguma expressão de amor, cada uma dirigida por meios diferentes. Para mim, apreço e gratidão são duas das emoções mais espirituais, expressando através do pensamento e ação meu reconhecimento e amor por todas as dádivas que a vida me concedeu, que as pessoas me concederam, que a experiência me concedeu. Viver neste estado emocional vai intensificar sua vida mais do que quase todas as outras coisas que conheço. Cultivar isso é cultivar a vida. Viva com uma atitude de gratidão.


3. CURIOSIDADE.
Se você quer realmente crescer em sua vida, aprenda a ser tão curioso quanto uma criança. As crianças sabem como especular — é por isso que são tão cativantes. Se você quer curar o tédio, seja curioso. Se é curioso, nada é uma tarefa; é automático — você quer estudar. Cultive a curiosidade, e a vida se torna como um interminável estudo de alegria.


4. EXCITAMENTO E PAIXÃO.
Excitamento e paixão podem acrescentar tempero a qualquer coisa. A paixão pode transformar qualquer desafio numa tremenda oportunidade. Paixão é poder desenfreado para avançar nossas vidas num ritmo mais rápido do que em qualquer outra ocasião anterior. Parafraseando Benjamin Disraeli, o homem só é grande quando age por paixão. Como "obtemos" paixão? Da mesma maneira que "obtemos" amor, ternura, reconhecimento, gratidão e curiosidade — decidimos senti-la! Use sua fisiologia: fale mais depressa, visualize imagens mais depressa, desloque seu corpo na direção para onde quer ir. Não se limite a sentar e pensar. Você não pode estar transbordando de paixão se fica derrotado sobre sua escrivaninha, com a respiração superficial, e a língua enrolada.


5. DETERMINAÇÃO. Todas as emoções acima são valiosas, mas há uma que você precisa ter se pretende criar um valor duradouro neste mundo. Ditará como você lida com as dificuldades e desafios, com desapontamentos e desilusões. A determinação significa a diferença entre ficar empacado e ser atingido pelo poder de raio do empenho. Se você quer emagrecer, fazer aqueles telefonemas de negócios, ou dar seguimento a qualquer coisa, "pressionar-se" não vai adiantar. Só terá resultados se entrar num estado de determinação. Todas as suas ações derivarão dessa fonte, e passará a realizar automaticamente o que for necessário para alcançar seu objetivo. Agir com determinação significa tomar uma decisão condizente e congruente, pela qual corta-se qualquer outra possibilidade.

"A determinação é o toque de despertar para a vontade humana."
- ANTHONY ROBBINS

Com determinação, você pode realizar qualquer coisa. Sem isso, você está condenado à frustração e desapontamento. Nossa disposição em fazer o que for necessário, em agir apesar do medo, é a base da coragem. E a coragem é a fundação da qual nasce a determinação. A diferença entre se sentir realizando ou sentir desânimo é o cultivo do músculo emocional da determinação. Contudo, apesar de toda a determinação à sua disposição, você deve também romper seu padrão e mudar seu enfoque. Por que arremeter contra um muro se você pode desviar os olhos um pouco para a esquerda e encontrar uma porta? Às vezes a determinação pode ser uma limitação; você precisa cultivar...


6. FLEXIBILIDADE. 
Se há uma semente importante a plantar para garantir o sucesso, é a capacidade de mudar seu enfoque. Na verdade, todos esses Sinais de Ação — essas coisas que você costumava chamar antes de emoções negativas — são apenas mensagens para ser mais flexível! Optar por ser flexível é optar por ser feliz. Ao longo de sua vida, haverá ocasiões em que surgirão coisas que não será capaz de controlar, e a capacidade de ser flexível em suas regras, no significado que atribui as coisas, e em suas ações determinará o sucesso ou fracasso a longo prazo, para não mencionar seu nível de alegria pessoal. O junco que se curva sobreviverá ao vento de tempestade, enquanto o poderoso carvalho vai se partir. Se você cultivar todas as emoções acima, então com certeza vai desenvolver...


7. CONFIANÇA.
Confiança inabalável é o senso de certeza que todos queremos ter. O único meio pelo qual você pode sistematicamente experimentar confiança, mesmo em ambientes e situações com que nunca se defrontou antes, é através do poder da fé. Imagine e sinta certeza sobre as emoções que você merece ter agora, em vez de esperar que apareçam espontaneamente algum dia, no futuro distante. Quando está confiante, você se torna disposto a experimentar, a se pôr na linha de frente. Um meio de desenvolver fé e confiança é simplesmente praticar o uso. Se eu perguntasse se está confiante que é capaz de amarrar os cordões de seus sapatos, tenho certeza que poderia me responder com absoluta confiança que sim. Por quê? Apenas porque já fez isso milhares de vezes! Portanto, pratique a confiança, usando-a sistematicamente, e ficará espantado com os dividendos que vai colher em todas as áreas de sua vida.

A fim de se preparar para fazer qualquer coisa, é indispensável exercitar a confiança, em vez do medo. A tragédia na vida de muitas pessoas é que evitam fazer as coisas porque têm medo; sentem-se mal em relação às coisas com antecedência. Mas lembre-se: a fonte do sucesso para os realizadores eminentes muitas vezes tem sua origem num conjunto de convicções acalentadas, para as quais a pessoa não tinha referências! A capacidade de agir com base na fé é o que faz a raça humana progredir.

Outra emoção que você experimentará automaticamente, assim que conseguir cultivar todas as anteriores, é a...


8. ALEGRIA.
Quando acrescentei a alegria à minha lista de valores importantes, houve pessoas que comentaram: "Há algo diferente em você. Parece muito feliz." Compreendi que eu era feliz, mas não in-formara minha cara sobre isso! Há uma grande diferença entre ser feliz por dentro, e ser alegre por fora. A alegria intensifica seu amor-próprio, torna a vida mais divertida, e faz com que as pessoas ao seu redor também se sintam mais felizes. A alegria tem o poder de eliminar os sentimentos de medo, mágoa, raiva, frustração, desapontamento, depressão, culpa e inadequação de sua vida. Você alcançou a alegria no dia em que compreende que não importa o que esteja acontecendo ao seu redor, não vai melhorar se você se sentir outra coisa que não alegre.

Ser alegre não significa que você é Poliana, o que encara o mundo através de lentes cor-de-rosa, e se recusa a admitir os desafios. Ser alegre significa que você é excepcionalmente inteligente, porque sabe que se viver a vida num estado de prazer — tão intenso que transmite um senso de alegria às pessoas ao seu redor — pode ter o impacto para enfrentar praticamente qualquer desafio que surgir em seu caminho. Cultive a alegria, e não vai precisar de tantos Sinais de Ação "dolorosos" para atrair sua atenção!
Facilite para si mesmo se sentir alegre, plantando a semente da...


9. VITALIDADE. 
É essencial controlar essa área. Se você não cuida de seu corpo físico, é mais difícil ser capaz de desfrutar essas emoções. Cuide para que a vitalidade física esteja disponível; lembre-se de que todas as emoções são dirigidas através de seu corpo. Se está se sentindo emocionalmente indisposto, precisa verificar os elementos básicos. Como está respirando? Quando as pessoas ficam estressadas, param de respirar, minando sua vitalidade. Aprender a respirar direito é o caminho mais importante para a boa saúde. Outro elemento crítico para a vitalidade física é garantir que você tenha um nível abundante de energia nervosa.

Como se consegue isso? Compreenda que dia a dia você consome energia nervosa, através de suas ações; e por mais óbvio que isso possa parecer, precisa descansar e recarregar. Por falar nisso, por quanto tempo você costuma dormir? Se registra regularmente de oito a dez horas de sono, provavelmente está dormindo demais! Seis a sete horas é considerado o ideal para a maioria das pessoas. Ao contrário da crença popular, sentar quieto não preserva energia. A verdade é que geralmente é essa a ocasião em que você se sente mais cansado. O sistema nervoso humano precisa de movimento para ter energia. Até certo ponto, consumir energia lhe proporciona um senso maior de energia. Ao e mover, o oxigênio flui por seu organismo, e esse nível físico de saúde cria o senso emocional de vitalidade, que pode ajudá-lo a lidar com qualquer desafio negativo que possa encontrar na vida. Assim, compreenda que um senso de vitalidade física é uma emoção crítica para se cultivar, a fim de controlar praticamente todas as emoções que surgirem em sua vida, para não mencionar o recurso crítico de experimentar uma paixão sistemática.

Depois que seu jardim estiver repleto dessas emoções poderosas, então você poderá partilhar sua abundância, através da...


10. CONTRIBUIÇÃO. 
Lembro que há anos atrás, num dos períodos mais difíceis de minha vida, eu guiava por uma estrada, no meio da noite. Não parava de me perguntar: "O que preciso para mudar minha vida?" E de repente me ocorreu uma percepção, acompanhada por uma emoção tão intensa que fui obrigado a parar o carro no acostamento, e escrever uma frase fundamental em minha agenda: "O segredo da vida é dar."

Não conheço outra emoção mais rica na vida do que o senso de quem você é como uma pessoa, algo que disse ou fez acrescentou mais do que apenas à sua própria vida, que de alguma forma valorizou a (experiência da vida para alguém com quem você se importa, ou talvez alguém que nem mesmo conhece. As histórias que me comovem mais profundamente são sobre as pessoas que seguem a emoção espiritual mais elevada de se importar de forma incondicional, e agir em benefício dos outros. Quando assisti ao musical Os Miseráveis, fiquei bastante comovido com o personagem Jean Valjean, porque ele era um bom homem, que queria dar muito aos outros. Devemos cultivar todos os dias esse senso de contribuição, focalizando não apenas a nós mesmos, mas também aos outros.

Não caia na armadilha, no entanto, de tentar contribuir para os outros à sua própria custa — bancar o mártir não vai lhe proporcionar um genuíno senso de contribuição. Mas se você pode dar a si mesmo e aos outros numa escala mensurável que lhe permita saber que sua vida teve importância, então terá um senso de ligação com as pessoas, e um senso de orgulho e amor-próprio que nenhum dinheiro, realizações, fama ou reconhecimento jamais poderá lhe conceder. Um senso de contribuição faz com que toda a vida valha a pena. Imagine como o mundo seria melhor se todos nós cultivássemos um senso de contribuição!


OS DEZ SINAIS DE AÇÃO
DESCONFORTO
MEDO
MÁGOA
RAIVA
FRUSTRAÇÃO
DESAPONTAMENTO
CULPA
INADEQUAÇÃO
SOBRECARGA, SUFOCO
SOLIDÃO


AS DEZ EMOÇÕES DE PODER
AMOR E TERNURA
APREÇO E GRATIDÃO
CURIOSIDADE
EXCITAMENTO E PAIXÃO
DETERMINAÇÃO
FLEXIBILIDADE
CONFIANCA
ALEGRIA
VITALIDADE
CONTRIBUIÇÃO


Plante essas emoções diariamente, e observe toda a sua vida crescer, com uma vitalidade com que nunca sonhou antes. Aqui, para sua revisão, estão os Dez Sinais de Ação e as Dez Emoções de Poder. Não tenho palavras para enfatizar o suficiente a importância de aprender a usar as emoções negativas pelo que são — chamados à ação — e se empenhar em cultivar as emoções positivas. Lembra do cartão que você criou, no qual escreveu todas as mensagens e soluções que seus Sinais de Ação estão lhe oferecendo? Consulte-o com freqüência, ao longo do dia. Ao examiná-lo agora, você pode notar que as emoções positivas são grandes antídotos para os Sinais de Ação. Em outras palavras, se você está sentindo uma emoção de desconforto, então amor e ternura farão com que a mudança dessa emoção seja muito mais simples. Se você se sente amedrontado, um senso de gratidão apaga essa emoção. Se você sente mágoa, e se torna curioso sobre o que está acontecendo, isso substitui o senso de mágoa. Se você sente raiva, e transforma essa intensidade emocional em excitamento e paixão dirigidos, pense no que pode realizar! A frustração pode ser rompida pelo uso da determinação. A culpa desaparece no instante em que você se torna confiante que vai manter seus novos padrões. A inadequação vai embora quando você se sente alegre; não haverá mais espaço para isso. Um senso de sobrecarga some com um senso de poder pessoal e vitalidade. A solidão se desvanece no momento em que você projeta como contribuir para os outros.


Eu gostaria que você cumprisse agora uma missão que vai associá-lo plenamente aos instrumentos simples e poderosos das emoções.
1- Durante os dois próximos dias, a qualquer momento que sentir uma emoção enfraquecedora ou negativa, siga os seis passos do controle emocional. Identifique a que categoria pertence, e reconheça seu valor de lhe transmitir a mensagem de que precisa. Descubra se o que precisa ser mudado são as suas percepções ou as ações. Torne-se confiante, tenha certeza, fique animado.

2- Os Sinais de Ação servem a uma importante função, mas não seria preferível se não tivesse de senti-los com tanta freqüência? Além das Emoções de Poder, cultive as convicções globais que ajudam a atenuar sua experiência das emoções negativas. Por exemplo, eliminei o sentimento de abandono (solidão) de minha vida, porque adotei a convicção de que nunca poderei ser realmente abandonado. Se alguém que eu amo algum dia tentasse me "abandonar", eu simplesmente seguiria a pessoa! (Outras convicções fortalecedoras incluem "Isto também vai passar!"; "O amor é o único imperativo em minha vida; tudo o mais é um dever"; e "Há sempre um jeito, se eu me empenhar".)

Utilize essas Emoções de Poder diariamente, e use os seis passos para o controle emocional, a fim de transformar seus Sinais de Ação em ação positiva. Lembre-se: Cada sentimento que você tem — bom ou mau — baseia-se em sua interpretação do que as coisas significam. Sempre que começar a se sentir mal, faça-se esta pergunta: "O que mais isto pode significar?" É o primeiro passo para assumir o controle de suas emoções.

O que espero que você obtenha com este capítulo é uma compreensão de todas as suas emoções, e um senso de excitamento por saber que lhe proporcionam a oportunidade de aprender alguma coisa para melhorar sua vida, de um momento para outro. Nunca mais precisará sentir as emoções dolorosas que são suas inimigas. Todas existem para servi-lo, como um sinal de que é preciso efetuar alguma mudança. Assim que refinar sua capacidade de aproveitar esses Sinais de Ação, passará a cuidar deles logo no início, quando ainda são pequenos, em vez de esperar que se transformem em crises profundas. Por exemplo, tratará de uma situação enquanto estiver apenas aborrecendo-o, em vez de enfurecê-lo... como cuidar do problema de peso quando notar o primeiro quilo extra, em vez de esperar até ter quinze quilos além do normal.

Durante as duas próximas semanas, concentre-se em desfrutar o processo de aprender com todas as suas emoções. Pode experimentar o caleidoscópio inteiro, em qualquer momento que escolher. Não tenha medo... ande na montanha-russa! Experimente alegria, paixão, a sensação de todas as emoções, e saiba que está no controle! É a sua vida, suas emoções, seu destino.

Descobri que algumas pessoas podem saber como fazer uma coisa, mas talvez não apliquem o que sabem. O que precisamos realmente é de um motivo para usar o poder de nossas decisões, mudar nossas convicções, obter uma alavanca pessoal e interromper padrões, fazer perguntas melhores, e nos sensibilizarmos para nosso vocabulário e metáforas. A fim de termos uma motivação em base sistemática, precisamos...



Fonte: Trecho do Livro: Desperte o Gigante interior, Antony Robbins.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...